por
Data
under
Permalink

Metso Minerals, Tecnologias Extractivas

MT00Forte afluência aos fóruns técnicos promovidos pela Metso Minerals expressa o interesse por parte dos agentes do sector nos desenvolvimentos que estão a ser implementados pelo grupo industrial nas áreas da construção e minas.

A organização Ibérica da Metso Minerals tem vindo a centrar a sua actuação em factores agora mais decisivos e prioritários para as empresas envolvidas em operações extractivas mineiras ou de construção e também numa área específica cuja evolução se mostra célere, como é a da reciclagem de RCD (Resíduos de Construção e Demolição): a economia energética ou os sistemas destinados à adequação ambiental das explorações, mas também âmbitos que contemplam a modernização de linhas de processamento menos recentes e a análise de aspectos específicos dos processos produtivos, têm sido algumas das temáticas observadas nos encontros realizados em Portugal e Espanha.

“Deparando-nos com conjunturas económicas díspares a nível global, em sectores mais ou menos dinâmicos e receptivos a conceitos orientados à optimização operacional, recorremos a todos os cenários actuais para estudar procedimentos ajustáveis a cada realidade”, diria Luís Santos (Senior Vice President EMEA – Europe, Middle East and Africa do Grupo Metso) no encontro realizado nas instalações do LNEG (Laboratório Nacional de Energia e Geologia), aproveitando para salientar ainda que “a importância dos seminários técnicos e visitas a instalações modelares que estamos a promover com alguma regularidade incide objectivamente na análise de experiências – casos práticos e situações em temos estado envolvidos na resolução de problemas e implementação de melhorias técnicas diferenciadas, existindo, graças a estas iniciativas, a excelente oportunidade de troca de opiniões e ideias”.

Reduzir o consumo energético: uma exigência de continuidade

MT01Todavia, transversalmente à grande amplitude de actividades, sobressaem urgências que se afiguram como decisivas para a rendibilidade alcançada pelas empresas nas suas explorações: a gestão com recurso a sistemas informáticos fiáveis e a implementação de upgrades técnicos vão determinar a subsistência e o próprio desenvolvimento dos negócios, não restando dúvidas quanto à influência da adopção de soluções avançadas tecnologicamente no que concerne à competitividade dos preços estabelecidos para os produtos. As diferenças, quanto a níveis e valores de produção praticáveis, ao serem comparadas instalações similares na sua configuração mas distantes na idade dos equipamentos e meios de controlo que as constituem, são relevantes em custos, rendimento e, sobretudo, proveitos efectivos. Mas, como as

alterações evolutivas numa abordagem global são dispendiosas e incomportáveis para muitas das estruturas empresariais, as vias – segundo o entendimento dos técnicos da Metso Minerals e dos intervenientes nos fóruns – residem na elaboração de programas que permitam incrementos graduais, estruturados em consonância com métodos instituídos que se comprove serem benéficos, recursos afectáveis aos investimentos, perspectivas de mercado e outras variáveis decisivas: aumento dos

encargos energéticos (sobretudo da electricidade e eventualmente dos combustíveis gastos com equipamentos e transportes), utilização racional de água, normas ambientais em prática e planeadas (poeira, ruído e vibração), entre outras.

Considerando o panorama energético actual e os agravamentos futuros já esperados, a Metso Minerals tem operado alterações conceptuais que tanto envolvem os equipamentos como as metodologias de produção: “Os nossos departamentos de projecto e engenharia têm conseguido resultados que posso qualificar como excelentes no âmbito dos consumos de electricidade das centrais face às produções delineadas. Temos introduzido melhorias de ordem mecânica em praticamente todas as linhas de equipamentos e o nível de eficiência dos sistemas de controlo, mecanismos automatizados e respectivos softwares, que estamos a lançar, elevam significativamente os parâmetros de rentabilidade para os utilizadores”, observou José Leite de Sousa, General Sales Manager da Metso Ibérica, em resposta às preocupações manifestadas no seminário sobre os acréscimos enfrentados no custo da energia.

É impossível eliminar a poeira, mas controlá-la eficazmente é viável e benéfico  

MT03Outro assunto em evidência foi a emissão de poeiras e a eficácia das fórmulas implementadas para solucionar um problema cuja gravidade recai, à primeira vista, em factores de saúde pública e defesa ambiental, mas os seus efeitos estendem-se ainda à própria operacionalidade das instalações e às perdas financeiras originadas por períodos inactivos resultantes de avarias, serviços não programados ou mesmo imposições legais e respectivas coimas.

Foram observados exemplos de situações de infracção gravosa e alguns métodos de supressão considerados eficientes em unidades com diversos layouts funcionais. A cobertura generalizada e abrangente das máquinas, a aspersão regular de água, ou procedimentos inovadores implementados pela Metso Minerals como, por exemplo, o controlo por indução de um efeito atmosférico no interior de uma cápsula de descarga e alimentação, originado na própria queda do material e aspiração durante o funcionamento do britador, seriam pormenorizados e objecto de questões por parte dos participantes.

Tecnologia flexibiliza produções

MT04Paulo Leitão, General Sales Manager, consagrou a sua intervenção aos “avanços tecnológicos que estão a proporcionar melhorias substanciais no rigor das produções – a precisão agora assegurada na definição das quantidades e características dos vários produtos finais permite gerir, como nunca antes aconteceu, as especificações da procura, proporcionando vantagens claras para as empresas produtoras”. Igualmente neste domínio foi divulgado o inovador sistema Visio Rock que consiste na introdução de câmaras, associadas a um aplicativo informático de cálculo, que captam continuamente imagens do material triturado em deslocação nos tapetes de transporte e empilhamento, possibilitando a obtenção de métricas produtivas muito exactas e em tempo real.

Já na fase final do encontro seria discutido o tema do desgaste de componentes e dos equipamentos, sendo apresentadas algumas das soluções mais recentes lançadas pela Metso Minerals, designadamente a aplicação de novas ligas metálicas de alta resistência aos efeitos por rochas de naturezas distintas, evolução de materiais compósitos utilizados no fabrico de malhas e aspectos técnicos sobre a construção e aplicabilidade de crivos vibrantes ou estáticos.