Evento mundial da Liebherr-Werk Ehingen juntou 3.000 participantes

Lieb00A divisão de gruas móveis do Grupo Liebherr dedicou os dias 13 e 14 de Junho ao seu já tradicional encontro dirigido aos clientes de todo o mundo. A ocasião foi também escolhida para o lançamento de dois modelos novos: a autogrua 1750-9.1 da gama LTM e a grua sobre rastos com lança telescópica LTR 1220.

É em Ehingen/Donau, na Alemanha, que está implantado o maior centro fabril consignado ao desenvolvimento e produção de gruas móveis existente a nível mundial. Ocupando uma área que ronda os 840.000 metros quadrados, o complexo onde trabalham 2.800 pessoas tem uma componente tecnológica que o coloca no topo científico da indústria de equipamentos de elevação, associando inúmeros domínios de investigação e engenharias. O volume de produção estimado para este ano deverá ultrapassar largamente as 1.400 unidades das diferentes gamas.

A Liebherr-Werk Ehingen GmbH organiza estes Factory Days desde 1999, tendo sido esta a sua quinta edição. Juntamente com Herbert Schnaidt, responsável pela delegação em Portugal da divisão de gruas móveis do grupo, viajaram representantes de várias empresas nacionais de aluguer e construção, clientes da marca.

“O encontro em Ehingen tornou-se num dos acontecimentos mais importantes no universo da elevação, pelo modo como está concebido, possibilitando a visita aos diferentes departamentos da fábrica, para que os clientes possam conhecer os processos de concepção e fabrico de vanguarda que a Liebherr implementou na unidade. Ao mesmo tempo, devido ao impacto global que tem a realização do evento, são sempre apresentadas novas máquinas em operação e divulgados desenvolvimentos tecnológicos”, realçaria Herbert Schnaidt.

“Em todas as edições levadas a cabo – 1999, 2003, 2006, 2009 e agora 2012 – houve lançamentos que trouxeram grande evolução ao sector: as capacidades das gruas foram ampliadas sucessivamente até valores recorde nas diferentes classes, surgiram meios de controlo computorizados muito eficientes, as cabinas de operação e de condução tornaram-se sempre mais ergonómicas e confortáveis, a economia de combustível melhorou consideravelmente através da introdução dos motores diesel Liebherr de altas prestações e gestão electrónica – é uma lista infindável de progressos que atestam a nossa liderança neste ramo industrial”, acrescentou o responsável.

Uma demonstração espectacular, nunca realizada, do poder elevatório das gruas com rastos fabricadas pela Liebherr no complexo de Ehingen

Foi uma das principais atracções: a nova gigante da linha LR, a 13000 – concebida para proporcionar uma capacidade máxima de 3.000 toneladas e que é a maior do mundo – teve a missão de elevar outras três gruas com rastos, modelos sequencialmente menores, numa demonstração idealizada pelo director de design da LWE, Hans-Dieter Willim.

Com uma lança tubular especial, a LR 13000 (pesando 2.170 toneladas) elevou, realizou uma rotação e deslocou-se com as três seguintes unidades: uma LR 11350, pesando 1.080 toneladas, por sua vez elevando uma LR 1350 (288 tonelas) e por fim, suportada pela anterior, uma LTR 1100, cujo peso se situa em 62 toneladas.

Para impedir a oscilação provocada pelo vento embatendo no conjunto de máquinas elevadas do solo, totalizando um peso total acima de 1.430 toneladas, utilizaram-se cabos de aço ligados a empilhadores telescópicos no solo (solução que é comum quando são instalados aerogeradores nas torres eólicas).

Depois da LR 11350 ter elevado as LR 1350 e LTR 1100, a LR 13000, com uma lança de 108 metros de comprimento, levantou todas até cerca de 20 metros aos rastos da LR 11350 e num raio de 30 metros. A esta distância (raio) a capacidade elevatória da LR 13000, encomendada pela empresa de engenharia de transportes e elevação Mammoet, atinge mais de 1.520 toneladas. Agora na fase final consagrada a ensaios e verificações, a maior grua do mundo será brevemente enviada para os Estados Unidos da América.  A pressão total sobre o solo, na ordem das 5.000 toneladas, foi distribuída de modo a culminar em sensivelmente 70 toneladas por metro quadrado.

Todos os modelos expostos e duas novidades: LTM 1750-9.1 e LTR 1220

A Liebherr expôs todos os modelos das suas diversas gamas de gruas sobre camião ou com rastos

A Liebherr expôs todos os modelos das suas diversas gamas de gruas sobre camião ou com rastos

O maior modelo da gama LTM possui 9 eixos e consegue erguer 1.200 toneladas

O maior modelo da gama LTM possui 9 eixos e consegue erguer 1.200 toneladas

Além de expor todos os modelos que fabrica, a Liebherr (www.liebherr.com) reservou para a ocasião os lançamentos da LTM 1750-9.1 e da LTR 1220.

A primeira, apta a elevar 750 toneladas a um raio de 3 metros e podendo ser configurada para múltiplas combinações entre a lança telescópica e extensões tubulares, vem complementar a gama LTM de gruas móveis todo-o-terreno sobre camião que passa a reunir 19 modelos com capacidades máximas entre as 35 toneladas da LTM 1030-2.1 (2 eixos e lança telescópica de 44 metros) e as 1.200 toneladas que consegue erguer a LTM 11200-9.1 (9 eixos e altura máxima de elevação de 126 metros).

Para a linha LTR, referente às gruas telescópicas com rastos, a marca divulgou a 1220: máquina com uma capacidade máxima de 220 toneladas e capaz de elevar cargas até 80 metros de altura ou 78 metros de raio.