Grupos Móveis – Britagem, Classificação e Lavagem

PS01A Powerscreen, marca de linha completa de equipamentos móveis para o processamento de inertes nos sectores da construção, reciclagem e minas, representada pela Pegil, Lda., encontra-se num processo de alargamento das diferentes gamas que fabrica: uma extensa diversidade de requisitos produtivos a nível mundial, novos critérios de protecção do meio ambiente e economia energética, assim como a célere evolução na valorização e reciclabilidade de materiais antes apenas resíduos, inerente também a imposições legais, são alguns dos factores que têm conduzido a alterações técnicas profundas.

Do manuseamento e contenção segura dos fluidos usados no accionamento e lubrificação, à redução de ruído e vibrações, restrição de gases poluentes e poeiras, incidindo igualmente no desenvolvimento de dispositivos computorizados para controlo funcional e gestão das produções, as melhorias operadas envolvem inúmeros componentes e sistemas. Essenciais mantêm-se a mobilidade nos locais de laboração, a configuração descomplicada de layouts (conjugação entre equipamentos), facilidade de transporte e manutenção simples – auxiliada por funções de diagnóstico e armazenamento de dados.

Como é tradição da Powerscreen, fabricante da divisão Materials Processing do grupo Terex, o certame Hillhead, que se realiza entre 19 e 21 de Junho em Inglaterra, é o acontecimento escolhido para expor em condições de aplicação reais os seus últimos desenvolvimentos: os visitantes poderão assistir à demonstração do XA750S (o maior primário móvel de maxilas do mercado) abastecendo o crivo Warrior 2400; o grupo móvel XA400S, com britador de maxilas, irá estar também em operação, essencialmente com o objectivo de comprovar a eficiência do novo conjunto de pré-crivagem que incorpora. Na zona de ensaios que lhe está consignada a marca terá ainda em acção o modelo XH320X (britador por impactos de eixo horizontal) e um crivo com rastos Warrior 1400X. No seu stand (L10) será possível ver estes mesmos modelos e conhecer as suas características, juntando-se-lhes ainda o Maxtrak 1000 (britador cónico), um impactor XH500 e os crivos Chieftain 2100X (Dual Power) e Warrior 800.

Powerscreen Pegson XA750S: um grande primário móvel que está a mudar procedimentos

PS01cIdealizado para operações de britagem normalmente executadas por grandes primários fixos, o XA750S – através da sua mobilidade e níveis de produção elevados – veio dar origem a mudanças importantes nos métodos aplicados na exploração de pedreiras. O facto de conseguir situar-se autonomamente em proximidade à frente extractiva proporciona em determinados casos poupanças substanciais no que respeita aos meios de transporte requeridos: assim, pode ser abastecido directamente pela escavadora ou pá carregadora anulando o circuito efectuado por camiões desde o ponto de recolha até ao equipamento triturador estacionário. Dependendo logicamente de como estejam planificadas as explorações, o recurso ao primário móvel poderá representar decréscimos muito relevantes nos encargos com combustíveis, manutenção e desgaste das frotas de veículos pesados – também menos afectados por impactos constantes de rochas de grandes dimensões que causam danos dispendiosos.

Capaz de produções horárias até 750 toneladas, a sua versatilidade permite-lhe ainda lidar com escombros de demolições, triturando pilares e blocos de betão armado, sendo equipado opcionalmente com extractor magnético de metais sobre o tapete dianteiro.

Outras características deste modelo são, por exemplo, o accionamento directo do britador de maxilas por correia trapezoidal – solução comum a todos os britadores Pegson  que visa diminuir o consumo de gasóleo, incrementando o aproveitamento da energia gerada pelo motor diesel –, pré-crivo, alimentação sincronizada com a carga na câmara, tremonha reforçada de alta capacidade, múltiplas regulações hidráulicas, controlo remoto, programação precisa de parâmetros operacionais, com ligação a outras unidades que formem uma instalação de processamento, e construção estrutural robusta, com integração modular dos componentes. O peso do XA750S ronda as 72 toneladas.

A gama de grupos móveis com britadores de maxilas da Powerscreen é formada por seis modelos: Pegson Metrotrak e Metrotrak HA, Pegson XA400S e XR400S, Pegson 1180 Premiertrak e Pegson XA750.

Powerscreen Pegson XH320X / XH320SR: adequado para extracção e reciclagem

PS01dTrata-se de um grupo móvel de média dimensão, equipado com um britador de impactos de eixo horizontal (rotor com 4 barras substituíveis em tipologias diferentes de materiais e configuração), que permite um amplo campo de aplicações devido aos rácios de redução obtidos e cubicidade dos produtos. Tanto pode ser utilizado na britagem de rocha natural, como na trituração de resíduos de construção e demolições (RCD). O accionamento do impactor é também directo por correia transmissora e a câmara dispõe de protecção contra sobrecargas e ajustamentos hidráulicos. A velocidade do rotor é regulada no painel de controlo.

Consoante as características dos materiais a triturar, a produção máxima deste modelo situa-se em 320 t/h. A variante designada por XH320SR integra um crivo e um tapete lateral para retorno de inertes sobredimensionados ao britador.

Powerscreen Pegson XH500 / XH500SR: versatilidade e produções elevadas

OLYMPUS DIGITAL CAMERAÉ o mais produtivo impactor móvel deste fabricante (500 t/h) e possibilita uma amplitude extensa de operações de trituração com materiais bastante diversos, extraídos em pedreiras, minas, escavações ou resultantes de demolição e fresagem de pavimentos.

Possui controlo automatizado da admissão, carga ideal na câmara de impactos e velocidade do rotor. O modelo SR (Screen Recirculating), com tapete lateral para realização de um estágio suplementar, tem um pré-crivo vibratório e outro instalado sobre o tapete de descarga dianteiro.

Como principais opções encontram-se o comando remoto via rádio, tapete para terras, alimentador vibrante (grizzly), várias grelhas para o alimentador situado sob o grupo de trituração, sistema óptico destinado à medição precisa das produções e mais componentes para requisitos específicos.

A gama de grupos móveis equipados com britadores de impactos compreende seis modelos: Pegson XH250, Pegson XH320X e XH320SR, Pegson XH500, XH500SR e Pegson XV350 (impactor de eixo vertical).

Powerscreen Chieftain 2100X: um crivo móvel autónomo e conectável à rede eléctrica

PS04O Powerscreen Chieftain 2100X foi projetado para operadores de britagem de média a grande dimensões que processem volumes elevados de rochas, areias, terras ou escombros e cujas características dos produtos finais sejam diversificadas. Integra uma tremonha de alta capacidade, alimentador e grelha basculante inclinável controlada remotamente, um tapete transportador (patenteado) com articulação hidráulica na versão de três decks e um crivo que possibilita múltiplas regulações. Aspecto que amplia a aplicabilidade do equipamento é a opção Dual Power: pode funcionar com recurso ao motor diesel ou conectando-se a uma fonte de energia eléctrica externa possibilitando aos utilizadores a possibilidade de selecionarem (chave no painel de controlo) o modo de alimentação mais favorável, seja por questões de economia mas também devido a existência ou ausência de acesso à rede de distribuição. A gama de crivos móveis com rastos Chieftain inclui 14 modelos aptos a produções entre 150 e 700 t/h.

Powerscreen Warrior 800: privilegia a portabilidade e a rapidez de instalação

PS05Pertencente a uma linha de equipamentos móveis para selecção com quatro modelos de elevadas prestações (índices produtivos até às 800 t/h do 2400), o Warrior 800 direcciona-se especificamente para objectivos de produção em que a versatilidade e o transporte fácil sejam factores decisivos, como é o caso das empresas que centram as suas actividades em demolições, terraplenagens ou inclusive no aluguer de máquinas.

Dispõe de um crivo de dois decks, estando capacitado para classificar e empilhar três produtos diferentes ou para crivagem prévia à trituração, podendo integrar barras de corte, grelhas, malhas e chapas perfuradas com características diversas e facilmente substituíveis.

As suas dimensões compactas e recolha ou desmontagem simples dos tapetes, tal como a construção modular, asseguram que o equipamento possa ser transportado e configurado rapidamente em função das operações a realizar.

PowerscreenWarrior 1400X: a evolução de um modelo reconhecido mundialmente  

PS11Lançado recentemente, o Warrior 1400X vem fundamentalmente ampliar a aplicabilidade do seu antecessor em virtude de vários desenvolvimentos conceptuais e aumento da produtividade: melhor desempenho, custos de utilização menores e manutenção acessível são alguns dos benefícios comparáveis.

Além disso, o tempo de montagem é bastante inferior e a variedade de regulações que autoriza expandem imenso o campo de trabalhos realizáveis com este grupo de selecção autónomo: a faixa de ângulos de crivagem foi ampliada de quatro para seis graus e a capacidade de empilhamento de todos os tapetes transportadores aumentou 30 por cento.

Globalmente, em relação ao Warrior 1400 que o precede, este novo equipamento quase duplica o rendimento conseguido, revendo também melhorias importantes nos consumos energéticos e necessidades de assistência.

Powerscreen Warrior 2400: topo de gama polivalente e para grandes volumes 

Especialmente fabricado para processar volumes elevados de rochas, escombros e matérias com origens distintas (minérios ferrosos, carvão, resíduos diversos, etc.), o novo Warrior 2400 é capaz de admitir grandes tamanhos de alimentação e a sua capacidade pode atingir 800 t/h. Com crivo vibratório inclinado e um mecanismo de accionamento de eixo triplo e alta amplitude, é adequado para corte e classificação em dois ou três produtos finais.

Embora tratando-se do maior grupo de crivagem móvel da linha Warrior e pesando cerca de 45 toneladas na variante com três tapetes de empilhamento, o 2400 mantém as vantagens de instalação simplificada e mobilidade dos restantes modelos.

O desenho da tremonha facilita o abastecimento a partir de britadores ou efectuado com escavadoras e pás de rodas. As alturas de descarga dos tapetes permitem a conjugação com outras máquinas para trituração e selecção subsequentes.