Liebherr

Investigação, Desenvolvimento e Inovação posicionam o Grupo Liebherr na dianteira tecnológica dos sistemas de accionamento, economia de combustível e evolução funcional.

Abertura1grande

Abertura2Abertura3Abertura4LTC01

A marca nascida há mais de seis décadas da genialidade criativa do seu fundador Hans Liebherr aproximou desde sempre a indústria à ciência e ao ensino, exemplificando que da ideia à realização materializada podem encurtar-se distâncias. Todo o percurso fabril da organização, que mantém um sólido núcleo familiar, assenta na originalidade ao serviço da eficiência. Da hidrostática “inteligente” aos motores diesel económicos, a vanguarda da sua engenharia fomenta a evolução em sectores tão diversos como as operações portuárias, a construção de infra-estruturas ou a mineração em larga escala.

Liebherr-R950_SME

Escavadora hidráulica Liebherr R 950 SME (Super Mass Excavation)

Modelo recente e desenvolvido para uma classe de peso operativo cuja procura global tem-se intensificado, com o lançamento da R 950 SME, variante para escavação massiva, a Liebherr tenciona alterar padrões de rentabilidade, aplicando os recursos de gestão computorizada do funcionamento que permitem adequar de forma rigorosa o comportamento da máquina a condições detectadas, actuando na aplicação da energia estritamente requerida à tarefa (sistema hidráulico Positive Control com dois circuitos independentes).

Desta conjugação inter-sistemas resultam capacidades reactivas que favorecem o consumo de combustível – ajustando o rendimento hidráulico – e a agilidade de movimentos, acrescendo simultaneamente a precisão na correspondência às acções executadas pelo operador.

Ao gerir constantemente a força necessária no conjunto formado pela lança, braço e balde, o sistema de controlo operativo parametriza, em tempo real, a velocidade do motor térmico e o débito da bomba de cilindrada variável, regulando-os em função da resistência avaliada.

Destinando-se a operações exigentes tanto em termos dinâmicos, como estruturalmente, a nova unidade dispõe de uma construção reforçada que abrange os rastos e toda a base que suporta o conjunto giratório, incluindo o seu mecanismo de rotação – concebido para suportar as tensões extremas resultantes da escavação em solos rochosos ou da movimentação e descarga realizadas em pedreiras.

De acordo com este fabricante, todos os modelos da sua nova gama de escavadoras foram objecto de incrementos ao nível das estruturas, integração de componentes – modular e com recurso a materiais isolantes contra choques – mas também envolvendo a robustez dos cilindros hidráulicos, roletes, motores hidráulicos ou a protecção de tubagens, órgãos electrónicos e da própria cabina.

No que concerne ao desempenho, considerando que a R 950 SME pesa cerca de 45 toneladas, a inclusão de um contra-peso superior favoreceu a estabilidade, permitindo aumentar o volume dos baldes aplicáveis (2,0 – 2,75 m3).

O motor diesel incorporado, Liebherr D 936 A7de 10,5 litros (IIIB/Tier 4i), com 6 cilindros em linha, injecção common-rail e dois turbocompressores, gera 300 cv de potência às 1.800 rpm.

Grande parte da eficácia deste novo modelo de escavadora com rastos, segundo a Liebherr, resulta da elevada disponibilidade deste propulsor e da sua conexão perfeita com o sistema hidráulico, tendo como resultado uma economia de combustível em evidência atendendo à classe de peso da R 950 SME e desempenhos que proporciona, conseguindo uma força de arranque na ordem de 211 kN e uma força de desprendimento a situar-se em 255 kN.

LTC00

Grua compacta Liebherr LTC 1045-3.1

Líder mundial no fabrico de autogruas todo-o-terreno (AT), desenvolvendo também as maiores máquinas hoje existentes no domínio da elevação, a Liebherr Werk Ehingen (divisão responsável por produzir as gamas em camião LTM, LG, LTF, LTC e sobre rastos LR e LTR) complementou a sua oferta com uma unidade particularmente compacta e desse modo adaptada a operações elevatórias urbanas ou inclusive no interior de naves industriais.

LTC02A LTC 1045-3.1 destaca-se em muitos outros aspectos técnicos que vão para além da sua mobilidade: é o primeiro modelo com cabina posicionável por intermédio de um braço hidráulico extensível, assegurando ao manobrador um campo de visão muito mais amplo e aproximado durante as tarefas realizadas com a grua. A instalação ou desmontagem de equipamentos em fábricas, ao nível do solo ou em altura, torna-se bastante facilitada, melhorando sobretudo a precisão exigida nestas operações.

Com a lança de 36 metros completamente alongada e o jib tubular articulado (7,5-13 metros) é conseguida uma altura máxima sob o gancho de 48 metros e um alcance horizontal de 35 metros. Adicionalmente existe ainda uma extensão telescópica que fornece mais 1,5 metros e um segundo guincho (opcional) para aplicações com este acessório.

LTC01Tratando-se de uma versátil “all-in-crane” ou “táxi crane” com três eixos motrizes e direcionais (6x6x6), significa que a carga por eixo regulamentar de 12 toneladas inclui a contrapesagem completa de 6,5 toneladas, o jib e o gancho. Rapidamente, a partir da cabina ou por meio de controlo remoto, o operador estende os quatro apoios hidráulicos e a grua fica de imediato pronta a funcionar.

As dimensões reduzidas (8,9 m de comprimento, 2,5 m de largura e 3,8 m de altura) e os modos sincronizados de direcção conferem à LTC 1045-3.1, apta a elevar 45 toneladas a 3 metros de raio, uma manobrabilidade que se torna vantajosa em diversas áreas e o êxito comercial confirma a utilidade desta inovadora grua, essencialmente para as empresas do sector do aluguer, manutenção, assistência técnica e montagens metalomecânicas.

Grua Offshore CAL 64000-1500 Litronic

Navio01A primeira grua para operações offshore CAL 64000-1500 Litronic, desenvolvida pela Liebherr Werk Nenzing GmbH foi entregue e instalada no cargueiro Innovation pertencente à HGO Infra Sea Solutions – empresa do grupo Hochtief envolvida na construção do parque eólico marítimo Global Tech I no Mar do Norte.

Giratória em 360 graus, com uma capacidade máxima de 1.500 toneladas a um raio de 31,5 metros, possui uma concepção patenteada que permite a instalação numa das quatro colunas usadas no suporte do navio.

Para navegação, a dupla lança tubular da enorme grua é posicionada de modo a manter o espaço útil da embarcação construída para transporte e instalação de fundações para torres eólicas offshore.